Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ser Mulher

Com 20 anos e completamente apaixonada por um jovem de 23, venho partilhar com vocês a aventura e dificuldade de passar a ser uma mulher. Quando vivemos com uma super mulher, a quem chamamos Mãe, parece impossível um dia ser como ela♕

Ser Mulher

Com 20 anos e completamente apaixonada por um jovem de 23, venho partilhar com vocês a aventura e dificuldade de passar a ser uma mulher. Quando vivemos com uma super mulher, a quem chamamos Mãe, parece impossível um dia ser como ela♕

Sex | 11.05.18

Professores sem paciência ...

VeraVilela

 

fundo-slide.jpg

Hoje vou partilhar com vocês uma história que me tem vindo a enervar desde que deu inicio o ano letivo 2017/2018, e antes que comecem a atirar coisas ao ar: "Tenho completa noção que a vida de um professor não é fácil, têm muitos alunos e atualmente existem muitos meninos mal educados, coisa que não é o caso da situação que vos irei contar." 

 

Tenho um irmão mais pequeno, com 13 anos, que não consegue estar parado. Desde que entrou, este ano, para o sétimo ano os professores têm vindo a enviar imensos recados a dizer que ele é irrequieto. E novidades? Cá em casa temos completa noção da criança que ele é, mas como referi é uma criança que tem apenas 13 anos! Querem o que? Já tentamos de tudo, desde tirar o computador até ameaças sobre tira-lo do futebol. Mas não funciona, sabem o que ele diz? "Eu não consigo parar, eu juro que tento mas não consigo!"

Apesar de tudo é um menino super inteligente, apanha tudo o que é dito mesmo estando completamente na lua! 

Mas sabem o que me enervou na verdade? Uma altura a minha mãe foi à escola falar com a diretora de turma, ao qual ela diz que apesar de ele ser muito irrequieto é um bom menino e nunca falta ao respeito, porém o facto de estar constantemente a mexer-se acaba por distrair os outros colegas. 

A professora de português sempre implicou um bocado com ele, por esse motivo envia recados sempre a dizer a mesma coisa: "O seu filho não pára quieto no decorrer da aula!" o que decidimos fazer fartas de recados como estes?

Pois bem, falamos com ele e dissemos que se ele não consegue estar quieto para, em vez de andar sempre a mexer-se, que faça desenhos no caderno num cantinho, assim não está a perturbar ninguém nem a fazer barulho. 

Agora imaginem o que aconteceu, nesse mesmo dia a mesma professora escreve o seguinte recado na caderneta: "O seu filho esteve a fazer desenhos na aula não prestando atenção à matéria lecionada.

Nem queria acreditar quando li tal coisa, primeiro é porque se mexe, agora porque não se mexe mas faz desenhos, o que será a seguir: "O seu filho respira!

Caras professoras, são crianças de 13 anos, se fosse mal educado ou falasse a aula toda, isso sim era grave. Agora uma criança que realmente tem imensa energia, encontrou uma forma de parar para não perturbar os colegas e mesmo assim está mal? Querem que ele fique com cara de "anjola" a olhar para o que vocês estão a dizer? Não queiram o impossível, ele que desenhe, que faça rabiscos, o que ele quiser, desde que não perturbe os colegas e continue a tirar boas notas é o que se pretende! Existem tão bons professores sem emprego, para dar lugar a professores já com alguma idade e sem paciência nenhuma! 

 

E vocês também já passaram por situações assim com o vosso filho ou irmão? Partilhem comigo ☆